sábado, junho 22, 2024
ExecutivoPolítica Local

Prosamin+: Governo do Amazonas vai retirar mais de 1.000 famílias de áreas de risco

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas vai reassentar 1.061 famílias este ano, que sairão de áreas de risco de alagação, localizadas no perímetro de obras do Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+), para ocupar moradias seguras. As famílias são das comunidades da Sharp, na zona leste, e Manaus 2000, zona sul. 

Em 2023, o programa reassentou 1.190 famílias, com recursos que totalizaram R$ 109 milhões. Somados aos números previstos para 2024, o Prosamin+ alcançará 2.251 famílias. “O processo de reassentamento vai ocorrendo, conforme as obras vão avançando. A meta é chegar a 2025 com todas as 2,4 mil famílias reassentadas”, destaca o secretário da UGPE, engenheiro Marcellus Campêlo. As soluções de moradia do Prosamin+, ele explicou, integram também uma das linhas de atendimento do Amazonas Meu Lar, maior programa de habitação do Estado. 

A subcoordenadora Social da UGPE, Viviane Dutra, informa que o ritmo das ações de desapropriação continua bastante acelerado, assim como das obras de construção das unidades habitacionais do programa. Os conjuntos habitacionais são uma das soluções de moradia apresentadas aos beneficiários do Prosamin+. Ela ressalta que as soluções de reassentamento do programa abrangem, também, auxílio moradia, bônus moradia, bolsa moradia transitória ou indenização.  

Clóvis Matos, morador da Comunidade da Sharp há mais de 28 anos, relata a felicidade ao mudar de residência, após tantos anos sofrendo com as alagações na antiga moradia. “Nós estamos muito felizes. Antes era só sofrimento, pois alagava nossa casa. Já sofremos muito, já adoecemos. Hoje estamos de pé pela misericórdia de Deus. Eu lembro o dia que o governador Wilson Lima veio aqui e prometeu tirar a gente daqui. Eu chorei de alegria. Hoje, estamos saindo daqui. Estou feliz, porque vou para nossa nova casa”, comemorou.

Prosamin+ 

O Prosamin+ vai beneficiar mais de 60 mil pessoas, com as obras que estão sendo realizadas. O programa está urbanizando 340 mil metros quadrados, na área do Igarapé do Quarenta, no trecho entre a avenida Manaus 2000, na zona sul, e a Comunidade da Sharp, zona leste, nos bairros Armando Mendes, Nova República, Coroado, Distrito Industrial e Japiim. Os investimentos são de U$ 114 milhões, sendo U$ 80 milhões financiados pelo BID, com contrapartida estadual de U$ 34 milhões. As obras iniciaram em 2022 e devem seguir até 2025.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *