quarta-feira, junho 12, 2024
JudiciárioPolítica Nacional

Cármen Lúcia critica ‘indústria da mentira’ nas redes sociais ao tomar posse no TSE

A ministra Cármen Lúcia assumiu a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na noite dessa segunda-feira (3). Em seu primeiro discurso como presidente, ela criticou o ódio disseminado nas redes sociais e se comprometeu a combater a “mentira digital”. Esta é a segunda vez que a magistrada comandará a Corte eleitoral.

“Mais uma vez é ano de eleições livres e democráticas no Brasil… O que distingue esse momento da história dos outros é o ódio e a violência, agora, utilizados como instrumentos por antidemocratas para garrotear as liberdades, contaminar escolhas e aproveitar-se do medo, como vírus a adoecer pela desconfiança as relações de cidadãos”, disse a ministra. 

“Esses ódios parecem intransponíveis: não são. Contra o vírus da mentira há o remédio eficaz da liberdade de informação séria e responsável”, enfatizou.

A ministra afirmou que as mentiras espalhadas nas plataformas digitais são um “desaforo tirânico contra integridade das democracias”. Cármen Lúcia disse ainda que essas mentiras são usadas para plantar o “medo para colher a ditadura”, seja “individual ou política”. 

“As mentiras que nas redes sociais se maquinam, alimentando indústrias e enricando seus donos, não substitui a vida, mas dificulta a ação responsável das pessoas. A mentira é um insulto à dignidade do ser humano, um obstáculo para o exercício pleno das liberdades”, afirmou.

A presidente do TSE reforçou que “a mentira continuará a ser duramente combatida, o ilícito será investigado e, se provado, será punido na forma da legislação regente”. “O medo não tem assento em alguma casa de Justiça. Até porque, como lembrava Ruy Barbosa, ‘não há salvação para juiz covarde’”, afirmou. 

“Se não rompermos o cativeiro digital, chegará o dia em que as próprias mentiras nos matarão”, acrescentou a magistrada. O ministro Nunes Marques também foi empossado como vice-presidente do TSE. 

Fonte: Gazeta do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *