domingo, junho 23, 2024
Judiciário

STF paga R$ 39 mil a segurança para Toffoli curtir final da Champions League

Um segurança do Supremo Tribunal Federal (STF) levou cerca de R$39 mil em diárias para acompanhar o ministro Dias Toffoli (STF) que curtiu a final da Champions League entre 25 de maio e 3 de junho.

Toffoli, que não está em férias ou afastado das atividades, participou remotamente da sessão do Supremo de 29 de maio.

As revelações são do jornal Folha de São Paulo, que levantou os dados via Sistema Integrado de Administração Financeira (Siaf).

Ao jornal paulista, a assessoria de imprensa da Corte não confirmou a viagem de Toffoli, mas diz que, mesmo em viagens, o ministro continua trabalhando.

“Nenhuma viagem reduz o ritmo de trabalho e os estudos por parte do ministro, que segue trabalhando em seus votos, em suas decisões e participando das sessões colegiadas”, diz trecho da nota.

A revelação ocorre pouco tempo após se tornar pública outra gastança, a viagem de ministros do Supremo para curtirem réveillon nos Estados Unidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *