domingo, junho 23, 2024
LegislativoPolítica Local

Capitão Carpê cobra melhorias para a alimentação escolar: ‘merenda da vergonha’

O vereador Capitão Carpê (PL) defendeu, nesta segunda-feira (27), melhorias na merenda escolar da rede municipal de educação.

Durante a fala, o parlamentar fez uma dinâmica com bolacha e suco, itens da merenda escolar municipal alvos de críticas nos últimos dias.

Segundo os cálculos de Carpê, uma merenda escolar composta por 5 bolachas e um suco de 200 ml custaria em torno de R$ 2,03 por aluno.

“Essa é a merenda da vergonha! É inaceitável que com verba federal e um orçamento de R$ 2,3 bilhões a Semed sirva uma merenda escolar precária. Estamos falando de crianças carentes que infelizmente a principal refeição do dia na escola” afirmou.

Considerando os alunos da rede municipal e o ano letivo, o vereador chegou a conclusão de que a merenda com essa composição custaria aos cofres públicos R$ 5 milhões.

Em contrapartida, o valor do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) repassado à Prefeitura de Manaus gira em torno de R$ 24 milhões, que mensalmente permitiria à Semed investir R$ 2,4 milhões por mês (considerando o ano letivo de 10 meses).

Dessa forma, para Carpê, o valor da verba federal seria mais que suficiente para oferecer merenda escolar completa, sem haver a necessidade de entrar no cardápio alimentar das crianças bolacha e suco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *