quinta-feira, junho 20, 2024
LegislativoPolítica Local

Deputados do Amazonas votam favoráveis ao novo arcabouço fiscal

Projeto que substitui o atual teto de gastos como mecanismo que limita gastos da União foi aprovado nessa terça-feira (23), na Câmara Federal por 372 votos a favor e 108 votos contra

A bancada federal do Amazonas votou favorável ao novo arcabouço fiscal, projeto que substitui o atual teto de gastos como mecanismo que limita gastos da União. A deliberação do texto foi realizada na noite dessa terça-feira (23), e teve 372 votos a favor e 108 contrários.
Dos oito parlamentares do estado, apenas Silas Câmara (Republicanos) não votou por estar ausente na sessão. Os demais: Adail Filho (Republicanos), Amom Mandel (Cidadania), Átila Lins (PSD), Capitão Alberto Neto (PL), Fausto Jr (União Brasil), Saullo Vianna (União Brasil) e Sidney Leite (PSD) votaram “sim”.
Enviada ao Congresso em abril, a proposta é prioridade do governo Lula. E pode ser a primeira vitória do petista no Congresso. Agora, o texto do arcabouço será encaminhado ao Senado para análise do trabalho feito pela Câmara.
PL dividido
Mesmo sendo uma pauta do governo Lula (PT), 30 deputados do Partido Liberal do ex-presidente Jair Bolsonaro, entre eles o amazonense Alberto Neto, votaram sim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *