quinta-feira, julho 18, 2024
LegislativoPolítica Local

PF indicia ministro de Lula suspeito de corrupção e organização criminosa

A Polícia Federal (PF) indiciou o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, suspeito de irregularidades envolvendo recursos da Codevasf.

Para a PF, há indícios de participação do ministro, que também é deputado federal, em um esquema de corrupção e organização criminosa. Um dos escândalos apurados é a pavimentação de uma rodovia que passa nas proximidades da fazenda familiar de Juscelino.

Supostas irregularidades em obras executadas em Vitorino Freire (MA), cidade governada pela prefeita Luanna Rezende, irmã do ministro, ajudaram a embasar o indiciamento. As obras foram bancadas com emendas parlamentares de Juscelino.

O ministro tem elo com o empresário Eduardo José Barros Costa, conhecido como Eduardo DP, apontado como sócio oculto de uma empresa com contratos com a Codevasf. Um celular apreendido pela PF continha trocas de mensagens entre Juscelino e Eduardo.

“Resta cristalina a relação criminosa pactuada entre Juscelino Filho e Eduardo DP”, diz trecho de um relatório da PF revelado pelo jornal Folha de São Paulo.

A PF apura o uso de três caminhos para prática de corrupção: pavimentação de estradas que beneficiam propriedades do ministro, indicação de pagamentos a terceiros e contratação de uma empresa que a PF suspeita ser do próprio Juscelino.

Fonte: Diário do Poder