quarta-feira, julho 24, 2024
Notícias

Bolívia: General acusado de golpe diz que presidente ordenou ação

Acusado de uma “tentativa de golpe de Estado”, o agora ex-comandante geral do Exército da Bolívia, Juan José Zuñiga, alegou, ao ser detido, que o presidente do país, Luis Arce, idealizou a invasão de militares à sede do governo para “aumentar popularidade”.

“Falarei em detalhes. No domingo (23), na escola La Salle, me encontrei com o presidente [Luis Arce], e o presidente me disse: “A situação está muito ferrada, esta semana será crítica, e algo é necessário para aumentar minha popularidade”, disse Zuñiga.

O militar ressaltou que Arce lhe pediu que fizesse uma ação militar.

“Eu lhe perguntei: Devemos levar os blindados? E ele [Arce] respondeu: “leve-os”, acrescentou.

Zuñiga também apresentou uma lista dos veículos que Arce teria ordenado que fossem usados.

O ex-comandante foi detido e transferido para uma cela na sede da Força Especial de Luta contra o Crime, enquanto a Procuradoria-Geral anunciou uma “investigação criminal” sobre ele e os demais militares que invadiram a Casa Grande do Povo, a sede do governo.

Durante a invasão e na frente da imprensa, Arce confrontou Zuñiga na entrada da sede do governo, cujo portão foi derrubado por um tanque, e ordenou, aos gritos, que ele “retirasse” os militares que o acompanhavam.

Fonte: Pleno News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *