sábado, junho 22, 2024
Notícias

Com apoio da UEA, ministro do TST Breno Medeiros realiza palestra em Manaus

“O avanço da tecnologia está impactando diretamente nas relações de trabalho. E precisamos compreender como a Justiça do Trabalho se encaixa nesse cenário que se aproxima”. A observação é do ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Breno Medeiros, durante a palestra “As novas formas de trabalho e a competência no âmbito da Justiça”.

O evento foi promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (AM/RR), com apoio da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e realizado no auditório do Fórum Trabalhista de Manaus (AM), localizado na rua Ferreira Pena, 546, Centro.

Para o ministro, a sociedade vive em meio à revolução 4.0, onde tudo está em constante mudança e evolução. As decisões do Supremo, do TST e as novas formas de vínculo e relações de trabalho que surgem na sociedade são questões importantes e que necessitam de debates.

“Nosso objetivo é garantir que estejamos alinhados com o futuro, sem ficarmos presos às amarras do passado. É fundamental reconhecermos que o modelo de trabalho estabelecido pela CLT, em 1943, já não reflete a realidade atual. As pessoas estão buscando novas formas de trabalho, e precisamos nos adaptar, inclusive a Justiça do Trabalho, buscando aumentar nossa competência para lidar com essas novas dinâmicas laborais”, ressaltou o ministro.

Para o reitor da UEA, Prof. Dr. André Zogahib, é uma honra a universidade poder ofertar, em parceria com a 11ª Região, a palestra do ministro. “É uma oportunidade ímpar para os nossos alunos, técnicos e professores terem a honra de participar de uma palestra incrível do ministro. Desejo que todo o conhecimento seja absorvido”, explicou.

O desembargador e presidente da 11ª Região (AM/RR), Audaliphal Hildebrando da Silva, enfatizou que vivemos em um estado grande e diversificado, com 62 municípios, sendo apenas nove deles conectados por estradas. “Aqui, tivemos o primeiro governador negro, Eduardo Ribeiro, e a primeira senadora do Brasil, Eunice Michiles. Essa diversidade reflete a singularidade do nosso povo. Devemos ser exemplos de tolerância, empatia e solidariedade, especialmente na defesa do meio ambiente, considerando a riqueza e diversidade de nosso ambiente”, observou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *