quinta-feira, julho 18, 2024
Notícias

Deputada Joana Darc crítica contrato milionário da Prefeitura de Manaus com crematório de animais e falta de assistência aos animais vivos

Em meio a polêmica envolvendo o contrato milionário de R$ 15 milhões da Prefeitura de Manaus para cremação de animais mortos, a deputada estadual Joana Darc (União Brasil), utilizou as redes sociais, nesta quinta-feira (20), para questionar a responsabilidade do executivo municipal sobre os animais em situação de rua na capital.

Médica veterinária e defensora da causa animal na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), a parlamentar reiterou que o preço pago pela prefeitura será o dobro cobrado pelo serviço particular na empresa, segundo a tabela disponibilizada pela Amazon RM Serviços de Cremação Ltda, empresa que vai prestar 7.500 serviços de remoção e cremação por 12 meses.

Joana se posicionou afirmando que a prefeitura não deve esquecer os animais que precisam ser salvos, principalmente os em situação de rua.

“Não posso concordar que se gaste todo esse recurso com animais que já morreram e se esqueça dos que ainda temos a salvar. Sou cobrada todo santo dia sobre resgate de cães e gatos em situação de rua, sobre consulta ou castração dos animais da população de Manaus, mas vamos cobrar de quem tem a caneta na mão para fazer acontecer?”, indagou a parlamentar.

Esporotricose em Manaus

Joana ainda afirmou que o valor do contrato daria para salvar a vida de vários animais com Esporotricose que estão à míngua nas ruas da cidade, sendo Manaus um dos principais municípios do Amazonas atingido pela zoonose.

Segundo a Fundação Alfredo da Matta (FUHAM), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), nos dois primeiros meses de 2024, foram notificados 19 casos da doença que, comparados aos do mesmo período do ano anterior, com 18 casos registrados, mantêm o índice de contaminação.

A parlamentar seguiu dizendo que, no momento, não tem remédio no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Manaus, uma vez que a Lei Estadual n.º 2410/2021, de sua autoria, garante o tratamento gratuito para os animais acometidos pela esporotricose, sendo a responsabilidade da Prefeitura de Manaus.

Investimento na causa animal de Manaus

Autora de projetos pioneiros no Amazonas, Joana alega que o valor que será pago pela Prefeitura de Manaus em cremação de animais equivale a 4 Hospitais Públicos Veterinários ou 15 Castramóveis, e questionou a gestão municipal por mais ações voltadas para o bem-estar animal e à saúde pública.

“Cadê as castrações em massa por parte da prefeitura? Por que não nos ajuda a equipar e montar o Hospital Público Veterinário, já que não foi construída nenhuma UBS animal? Cadê o resgate e salvamento dos animais com esporotricose? Cadê as parcerias com clínicas, consultórios e veterinários para atender gratuitamente os animais?”, questionou.

Em 2021, a parlamentar, por meio de emendas parlamentares de seu mandato, anunciou a entrega de 3 castramóveis para o estado. Inclusive, neste ano, o Projeto Castramóvel atingiu a marca de 24 mil castrações de animais.

Em 2022, também com recursos de emendas parlamentares destinadas por Joana Darc, foram investidos cerca de R$ 3.717.932,93, para a construção do primeiro Hospital Público Veterinário do Amazonas, equipamento que finalizou as obras no início deste ano, e passa por fase de equipação pelo Governo do Amazonas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *