quinta-feira, julho 25, 2024
Notícias

Eduardo Bolsonaro chama Polícia Federal de “cadela” de Moraes

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) afirmou que o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) sofre perseguição política e chamou a Polícia Federal (PF) de “cadelinha” do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes. Na ocasião, o parlamentar comentava o indiciamento de seu pai no caso das joias sauditas.

“Esperar serenidade e bom-senso dessa Polícia Federal, que são as cadelas do Alexandre de Moraes, não dá mais”, declarou ele ao programa Assunto Capital, do Gazeta do Povo.

O congressista frisou que Bolsonaro devolveu todos os presentes que recebeu em seu mandato presidencial e que ele está muito bem com seu relógio G-Shock, “que todo o Brasil sabe que ele usa”. Eduardo também reclamou do fato de o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ter ficado com um relógio Cartier Santos-Dumont e nunca ter sido processado.

O deputado disse ainda que vai contatar o primeiro-ministro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, e pedir para que ele peça as joias, relógios e esculturas que deu a Bolsonaro em visita ao Oriente.

“Ele quis fazer um aceno, um agrado para o presidente da República do Brasil, Jair Bolsonaro, e isso está tentando se transformar em uma narrativa esdrúxula, eu sei, mas estão tentando transformar isso em um caso de corrupção. Então, se possível, eu gostaria que o Mohammed bin Salman pedisse de volta esses presentes, e eu estou para oficiar a embaixada da Arábia Saudita sobre esse caso”, declarou Eduardo.

Fonte: Pleno News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *