quinta-feira, julho 18, 2024
Notícias

Governo do Amazonas envia 45 toneladas de medicamentos e insumos para as calhas do Purus e Juruá

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), enviou, nessa terça-feira (2), 45 toneladas de medicamentos e insumos para abastecer a rede hospitalar de nove municípios das calhas do Purus e Juruá, com o objetivo de mitigar os efeitos da estiagem. Os municípios contemplados são: Beruri, Tapauá, Canutama, Lábrea, Pauini e Boca do Acre, na calha do Purus, e Envira, Ipixuna e Guajará, no Juruá.

A secretária de Estado de Saúde, Nayara Maksoud, informou que, de sexta-feira (28) até a remessa desta terça-feira (02), a SES-AM já enviou mais de 105 toneladas de medicamentos, que irão auxiliar as unidades de saúde dos municípios. A ação, segundo ela, faz parte do plano de contingência do Governo do Amazonas, para minimizar os problemas que possam surgir no período da seca.

“Nossas equipes seguem trabalhando e juntando esforços para fortalecer as ações de prevenção a doenças que podem surgir nesse período, no Estado. As unidades de saúde dos municípios serão abastecidas para atender a população”, reforça Nayara Maksoud, lembrando que a prioridade, seguindo o plano de contingência, é abastecer os 34 municípios das calhas do Madeira, Juruá, Purus e Alto Solimões, onde o problema da estiagem costuma ser mais severo.

Na remessa dessa terça-feira para a Calha do Juruá, foram enviadas cerca de 30 toneladas de medicamentos e insumos para Envira, Ipixuna e Guajará e, também, para complementar o abastecimento dos municípios Carauari, Itamarati, Eirunepé e Juruá, pertencentes à mesma Calha. Já para os municípios da Calha do Purus, foram enviados 685 volumes, que totalizam mais de 15 toneladas de medicamentos e insumos.

Dentre os itens que estão sendo enviados, está o kit calamidade, composto por 32 medicamentos e 16 insumos estratégicos para o atendimento básico. Outros medicamentos estão incluídos, como amoxicilina, paracetamol, omeprazol, ibuprofeno, entre outros, além de insumos como ataduras, hipoclorito de sódio, seringas e máscaras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *