domingo, junho 23, 2024
Notícias

Mais de 200 estudantes e profissionais participam do IV GastroHepato Manaus, na UEA

O Amazonas é considerado o estado com a maior “taxa de obesidade do Brasil”. E uma das consequências dessa realidade é a esteatose hepática, ou o fígado gorduroso. E mais de 200 estudantes e profissionais estão imersos nos estudos sobre essa e outras doenças no IV GastroHepato Manaus. O evento é uma realização da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e acontece nos dias 26 e 27 de abril, no auditório da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESA/UEA), localizada na avenida Carvalho Leal, 1.777, Cachoeirinha.

A presidente do IV Gastrohepato e professora da UEA, Dra. Cristina Melo, explica que o simpósio foi pensado em dois focos: no primeiro dia, em doenças do aparelho do tubo digestivo, como intolerâncias alimentares, insuficiência pancreática; e no segundo dia, na síndrome metabólica, que gera o fígado gorduroso.

“Pensamos em palestrantes locais, que são altamente capacitados e, também, trouxemos quatro palestrantes de fora do Estado. Esse é um evento essencial para os nossos acadêmicos, pois acaba guiando os nossos alunos para uma escolha profissional. Então, essas jornadas possibilitam que tenham acesso a novas perspectivas e escolha até dentro da gastrohepatologia”, avaliou.

A estudante do 6° período de Medicina da UEA Amanda Beatriz, participante da coordenação do IV Gastrohepato, afirma que a iniciativa é uma oportunidade de troca de conhecimentos entre alunos e profissionais renomados do mercado.

“Aprendemos diariamente no ambulatório de hepato, pois são eventos que lidamos no dia a dia como acadêmico e futuramente como profissionais já formados”.

Questionada se pretende seguir nas áreas de Gastroenterologia ou Hepatologia, Amanda explica que é uma área que tem um carinho muito grande e é uma das possibilidades.

O evento também apresentou o 1º Workshop Hands on Fibroscan: Solução completa não-invasiva para avaliação da doença hepática crônica, destinado a congressistas médicos. Além disso, também teve apresentações de trabalhos científicos nas áreas de clínica médica e clínica cirúrgica. Os resumos aceitos serão publicados na revista Scientia Amazonia e os três melhores trabalhos receberão premiação.

Sobre o evento

A 4ª edição do GastroHepato conta com recursos do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Eventos (Padev/UEA), apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado Amazonas (Fapeam), da Sociedade Amazonense de Gastroenterologia e da Liga Acadêmica de Hepatologia do Amazonas (Lahep-AM), sendo realizado de forma presencial pela primeira vez desde o ano de 2021.

Durante a abertura do evento, o Grupo de Percussão da UEA, apresentou a peça Parallax.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *