quarta-feira, julho 24, 2024
Notícias

‘Teria que ter quatro vezes mais’, diz Maria do Carmo sobre o número de creches em Manaus

Com foco no seu projeto para a cidade e críticas fortes à gestão municipal, a pré-candidata a prefeita de Manaus pelo Partido Novo, professora Maria do Carmo Seffair, criticou o baixo número de creches na capital amazonense e a ineficiência do município em solucionar o problema. Ela também destacou seu desejo de transformar Manaus.

“Temos 28 creches para uma cidade de mais de 2 milhões de habitantes. Em Boa Vista, Roraima, há 56 creches e a cidade conta com menos de 500 mil habitantes. Manaus precisaria ter, no mínimo, quatro vezes mais creches do que tem hoje para atender a demanda. O prefeito não cumpre suas promessas”, explicou a pré-candidata, durante entrevista a um portal local, realizada na noite da quinta-feira, 27/6.

Maria do Carmo também reforçou a necessidade da população fiscalizar de forma incisiva essas distorções. “O povo precisa cobrar, porque os recursos que a prefeitura recebe vêm dos nossos bolsos, dos nossos impostos”, apontou Maria do Carmo.

A professora Maria do Carmo ainda teceu críticas às promessas políticas feitas em campanha, muito faladas e pouco cumpridas. “Discurso vazio não cola mais, é isso que está me fazendo entrar na política. É muito fácil falar, fazer é outra história. Precisamos conectar a fala com a realidade. Tudo que falo, eu faço!”, declarou a empresária.

Projeto e liderança

Questionada sobre a possibilidade de ser vice de outro pré-candidato, Maria do Carmo afirmou que a mudança desejada para Manaus exige que ela lidere a chapa.

“O meu projeto para Manaus é grandioso, ele vai transformar essa capital. Eu durmo e acordo pensando na solução que vou dar para essa cidade. Então, não poderia ser vice, porque meu perfil é de uma pessoa de comando”, pontuou Maria.

Dentre suas prioridades, ela destacou o enfrentamento a grandes problemas da cidade, como: segurança pública, saúde, educação, transporte e infraestrutura.

A pré-candidata disse que seu diferencial em relação aos demais políticos é o “preparo, ética e competência”.