quarta-feira, junho 12, 2024
Política Local

Deputada quer instituir dia dos direitos humanos para aplicadores da lei

Profissionais de segurança têm sido vítimas de crimes dentro e fora do horário de trabalho. Apenas em 2021, de acordo com o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, 77,4% das mortes de policiais ocorreram fora de serviço, contra 22,6% que aconteceram durante a atuação policial.

Pensando em conscientizar a população sobre a importância de olhar de forma humanizada aos agentes da lei, a deputada Débora Menezes (PL), propões o Projeto de Lei (PL) nº 102/2023 que institui o Dia da Conscientização dos Direitos Humanos dos Agentes Aplicadores da Lei. O texto entrou em pauta no pequeno expediente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na quinta-feira (16/02).

Segundo a parlamentar, a data escolhida é 28 de outubro, dia do assassinato do delegado amazonense, Aldeney Goés, que estava de férias em Belém, no estado do Pará, quando foi surpreendido por dois criminosos, em uma farmácia.

“É um projeto que busca conscientização por parte de uma sociedade que ainda trata de forma banal a morte de um agente de segurança. Apesar de ser um profissional treinado, armado, que fez um juramento de defender o cidadão mesmo com o risco da própria vida, não podemos esquecer jamais que é um ser humano com sonhos, família e toda uma história perdida. Temos que horar e respeitar aqueles que dedicam as vidas para nos manter em segurança”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *