quarta-feira, junho 12, 2024
Política Local

Deputados do Amazonas votam contra criminalização de fake news eleitoral

O Congresso Nacional decidiu, nessa terça-feira (28), manter o veto do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) à Lei 14.197/2021, que revogou a Lei de Segurança Nacional, evitando, assim, a criação do crime de disseminação de “fake news” eleitoral.

Dos oito deputados que compõem a bancada federal do Amazonas, sete votaram pela manutenção do veto. Apenas Amom Mandel (Cidadania) não votou porque esteve ausente da sessão. Os demais – Adail Filho (Republicanos), Átila Lins (PSD), Capitão Alberto Neto (PL), Pauderney Avelino (União Brasil), Saullo Vianna (União Brasil), Sidney Leite (PSD) e Silas Câmara (Republicanos) – disseram não à criação do crime de disseminação de notícias falsas nas eleições.

Apenas os deputados votaram na sessão. No total, foram 317 a favor da manutenção do veto e 139 a favor da derrubada, além de quatro abstenções.

Parlamentares do PL, Republicanos, PP, PSD, União, PSDB, Podemos, MDB e Novo votaram majoritariamente pela manutenção do veto do ex-presidente, enquanto partidos de esquerda (PT, PSB, PDT, Psol, PCdoB e PV) votaram pela derrubada. Veja a seguir como votou cada parlamentar.

Com informações da Gazeta do Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *