domingo, junho 16, 2024
Política Local

‘Jatinho da Alegria’ e ‘AeroDavid’; vereadores criticam viagem do prefeito com empresário

Vereadores de oposição utilizaram a tribuna da Câmara Municipal de Manaus (CMM) nesta segunda-feira (19), para criticar e cobrar explicações sobre a viagem que o prefeito David Almeida (Avante) fez ao Caribe durante o carnaval em um avião fretado pelo empresário Roberto Lopes, dono da Royal Tech, que tem contrato vigente com a Prefeitura de Manaus.

Rodrigo Guedes (Podemos) chamou o caso de “Jatinho da Alegria” e Marcelo Serafim (PSB) de “AeroDavid”.

Guedes, inclusive, destacou que o caso é passivo de pedido de impeachment, já que fere o Artigo 317 do Código Penal.

“É muito grave o que aconteceu. Manaus mais uma vez está no noticiário nacional de forma negativa. É preciso que o prefeito se manifeste e fale sobre o assunto”, disse o parlamentar, que apresentou um pedido de convocação do chefe do Executivo para dar explicações à CMM.

Ponto sem nó

Já Serafim lembrou o histórico da família Lopes com a política local e afirmou que o empresário em questão “não dá ponto sem nó”.

“A gente sabe muito como é o modus operandis desse grupo familiar dentro do estado. A família Lopes não dá um ponto sem nó. Não tem a menor possibilidade de ter um ponto sem nó nessa relação e a gente vê nesse momento a cidade sendo exposta pela vaidade do prefeito de querer ir para uma ilha caribenha de aviazinho fretado”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *