domingo, junho 23, 2024
Política Local

’Não merece minha atenção’, diz Menezes após ser chamado de ‘baba ovo’ por Alberto Neto

Sem citar o nome do deputado federal, Alberto Neto (PL-AM), pré-candidato à prefeitura de Manaus, o presidente do diretório municipal do Partido Progressistas, Coronel Alfredo Menezes, se manifestou sobre a declaração do parlamentar que o chamou de “melhor baba ovo” nesta quinta-feira (25).

Em vídeo publicado em uma rede social, o militar da reserva do Exército diz que foi surpreendido com a declaração, classificando-a como desrespeitosa e agressão gratuita.

“Fui surpreendido com um vídeo onde um pré-candidato à prefeitura de Manaus me agride de forma gratuita e desrespeitosa. Não vou respondê-lo pela sua ofensa, porque ele não merece uma resposta. Mas quero agradecer a todos os seguidores e amigos que espontaneamente me defenderam desse ataque.”, diz Coronel Menezes.

Na oportunidade, ele afirmou que está completamente focado no seu projeto de candidatura a uma vaga de vereador na Câmara Municipal de Manaus (CMM). Ainda segundo Menezes, sua relação política com o ex-presidente Jair Bolsonaro é “inquebrantável”.

“E falando em eleição, estou totalmente focado na minha pré-candidatura a vereador de Manaus para contribuir na busca de solução dos inúmeros problemas da nossa sociedade. Finalizo reafirmando que a minha aliança com o presidente Bolsonaro é inquebrantável e a minha amizade, respeito e gratidão são eternos.”

Nesta quinta-feira, Alberto Neto enfrentou o Coronel Menezes após o mesmo afirmar que o parlamentar iria desistir de sua pré-candidatura nas convenções em meio a um “acordo”.

O deputado rebateu declarando: “O Menezes é o melhor baba ovo que eu já vi na vida, olha. Tenho falta, né, porque seria um grande apoiador, que até ontem estava me apoiando, e eu era o cara, aí o outro dia já não é mais”, disse.

“Não sei, acho que ele perdeu tanto cabelo pensando nisso que ficou careca. Não sei de onde ele está tirando isso, mas a nossa candidatura está firmada”, acrescentou.

Fonte: O Poder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *