quinta-feira, julho 18, 2024
Política Local

O alerta de Roberto Cidade à população

Na zona Norte de Manaus, na Comunidade Riacho Doce e no Conjunto Boas Novas, o pré-candidato à Prefeitura de Manaus, Roberto Cidade (União Brasil) voltou a alertar a população para que não se deixe enganar pelas obras que só começam a aparecer às vésperas do pleito eleitoral. O pré-candidato relembrou o não cumprimento do Asfalta Manaus, do aumento no número de creches municipais e a construção de um pronto-socorro público do município.

“Quero que o atual prefeito preste contas do que ele prometeu fazer em 2020 e não cumpriu. Ele prometeu asfaltar 10 mil ruas e não cumpriu, prometeu aumentar o número de creches para as nossas crianças e não cumpriu. Manaus não tem transporte de qualidade. O Passe Livre só saiu porque nós aprovamos na Assembleia Legislativa. Manaus hoje só tem obras porque a Aleam aprovou e o Governo do Estado conveniou com a Prefeitura. Se não fosse isso, ele não teria entregue nada. Agora vão tentar enganar a população colocando as coisas para funcionar, mas tudo tem que funcionar durante quatro anos e não apenas na véspera das eleições”, alertou. 

Cidade recordou mais uma vez que foi o Governo do Estado o maior e principal mantenedor das melhorias às quais a população teve acesso. “Pela Aleam passaram a CNH Social, o maior projeto de mobilidade urbana da capital, que é o Rapidão e outros projetos que foram idealizados para melhorar a vida das pessoas. Precisamos pensar em projetos de mobilidade urbana, em como ter excelência na saúde básica, em como ajudar a população a sair da linha da miséria”, declarou.

Nesse sentido, o pré-candidato falou de um dos compromissos de pré-campanha presentes em seu Plano de Governo, que é a implementação do Auxílio Municipal Permanente, que irá beneficiar 50 mil famílias. “Manaus hoje tem 500 mil pessoas cadastradas no CadÚnico. Vamos implementar o Auxílio Municipal e fazer com que essa transferência de renda ajude a colocar comida na mesa da população. Não estamos numa brincadeira. Precisamos mudar Manaus sim, mas com equilíbrio. Vamos trabalhar. Nossa missão é tirar o pincel da mão desse prefeito, para que ele pare de enganar o cidadão”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *