domingo, junho 23, 2024
Política Local

Opinião | O desnecessário desgaste do “bandeirão do Bolsonaro”

Jair Bolsonaro (PL) é um político que divide opiniões, afinal, o Brasil é um país polarizado. Logo, todo e qualquer ação que envolva o ex-presidente vai gerar inevitavelmente elogios e críticas.

Como Manaus é uma das capitais mais bolsonaristas do Brasil, segundo pesquisas recentes, um evento com a presença do ex-mandatário da nação tem divulgação orgânica, sem necessidade de uma estratégia de publicidade.

Dito isto, o tal “bandeirão do Bolsonaro” hasteado pelo pré-candidato a prefeito de Manaus, Capitão Alberto Neto (PL), na ponte Rio Negro, foi, além de uma autopromoção pura e simples – afinal Bolsonaro não chegaria a ver a homenagem – um banquete desnecessário para críticas dos opositores.

Isso, sem contar, que o ato pode divide opiniões dos juristas. Uns afirmam que é crime eleitoral, outros destacam ser apenas uma infração administrativa.

O bandeirão ficou bonito, é bom destacar. Bolsonaro, se chegasse a vê-lo certamente ficaria satisfeito, mas para que o evento na Arena Amadeu Teixeira na próxima sexta-feira (3) seja grandioso, isso é desnecessário.

Que fique de lição para as próximas ações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *