quinta-feira, junho 20, 2024
Política Local

Queda de braço pelo Republicanos

Uma queda de braço está em curso nos bastidores da política local. E o prêmio para o vitorioso será o apoio do Republicanos, sigla que tem quatro vereadores na Câmara Municipal e Manaus (CMM) e influência em duas das principais igrejas evangélicas do Estado: Universal e Assembleia de Deus.

De um lado, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (União Brasil), que inicialmente contava com o apoio do Republicanos, inclusive com reuniões realizadas com os postulantes da legenda.

Do outro, o atual prefeito, David Almeida (Avante), que com auxílio do senador Omar Aziz (PSD), e os deputados federais Silas Câmara (Republicanos) e Saullo Vianna (União Brasil), conseguiu articular junto ao presidente nacional do Republicanos, Marcos Pereira, o apoio do partido na votação que garantiu a aprovação do empréstimo de R$ 580 milhões na CMM.

Fontes ouvidas pelo BLOG DO BOTELHO afirmam que o cenário atual é de incerteza e tanto um lado quanto o outro podem sair vitoriosos.

“A verdade é que isso só será resolvido na convenção. Até lá, as articulações serão intensas”, disse uma fonte ligado à ala pró-Cidade.

Desejo x obediência

Atualmente, o Republicanos tem os vereadores João Carlos e Márcio Tavares – que são pastores da Universal -, Roberto Sabino – que é membro da Assembleia de Deus – e Dr. Daniel Vasconcelos – que é integrante do grupo do governador Wilson Lima (União Brasil) -.

O BLOG DO BOTELHO apurou que o desejo da dupla da Universal e de Vasconcelos é caminhar com Roberto Cidade. No entanto, o entendimento é que tanto João Carlos – que é o presidente municipal da sigla – quanto Márcio Tavares serão obedientes à ordem da executiva nacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *