quarta-feira, junho 12, 2024
Política Local

Thaysa Lippy assume Comissão Provisória do Partido Progressistas em Manaus

A vereadora Thaysa Lippy foi empossada como presidente da Comissão Provisória do Partido Progressista (PP) em Manaus nesta sexta-feira, dia 28, e anunciou ações para fortalecer a sigla na capital amazonense. “Nas eleições de 2020, eu fui a única vereadora eleita pelo PP, então eu já tenho um carinho muito grande por essa sigla e quero somar para fortalecê-la”, afirmou a parlamentar, que também agradeceu o convite feito pelo presidente do diretório estadual do PP-AM, delegado Rodrigo de Sá, e o governador do Estado, Wilson Lima (União).

A cerimônia de posse ocorreu no Auditório Zany dos Reis, na Câmara Municipal de Manaus (CMM), e contou com a participação do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Roberto Cidade; do secretário de Governo, Sérgio Litaiff, representando o governador do Amazonas; o deputado federal Amon Mandel (Cidadania); a diretora-presidente do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Helen Cristina Silva Matute e do deputado estadual Felipe Souza (Patriota), pai da vereadora Thaysa Lippy.

Na ocasião, Thaysa Lippy concedeu entrevistas à imprensa e disse que serão feitas ações partidárias na capital, como campanhas de filiação e promoções de cursos.

“Vamos fazer inicialmente uma campanha para filiar mais mulheres, um grande ato de filiação de mulher, vamos promover cursos, incentivar as mulheres e dar condições igualitárias, para que elas saiam mais fortes na próxima campanha e tenham real possibilidade de eleição”, destacou.

O presidente do PP-AM, delegado Rodrigo de Sá Barbosa, destacou que o partido irá instituir nos municípios do interior do Amazonas comissões provisórias até o mês de setembro.

“Estamos reconstruindo o partido, que é uma sigla gigantesca nacionalmente, e queremos resgatar essa grandeza. A vereadora Thaysa tem essa representatividade feminina, é o seu primeiro mandato, ela é jovem, representa a classe feminina e faz isso com maestria. Manaus é o primeiro município que começamos a organizar as comissões provisórias municipais para avançar até setembro, quando será feita a nossa convenção estadual, e todos os diretórios serão efetivados. Então, hoje é um marco importante e significativo para nós”, afirmou.

O deputado estadual Felipe Souza considerou que o Partido Progressista é a segunda maior sigla do país e tem a possibilidade de crescer cada vez mais no Estado.

“O partido é o segundo maior partido do Brasil, com recursos, com tempo de televisão e pode com certeza crescer bastante no Amazonas. Desejo sucesso ao Rodrigo e a Thaysa, tenho certeza que eles irão fazer uma sigla forte em nosso Estado”, enfatizou.

Atual líder do Partido Progressistas na Câmara de Manaus, por orientação do presidente estadual da sigla, Thaysa Lippy está em seu primeiro mandato e foi eleita no pleito de 2020 com 6.736 votos. Ela é a sétima vereadora mais votada dos 41 empossados. Empresária e advogada, ela é pós-graduanda de Direito Constitucional e Eleitoral, filha do deputado estadual Felipe Souza e neta do Luizinho Souza, ex-vereador de Manaus.

Entre os Projetos de Lei (PLs) de maior destaque estão o que dispõe sobre a obrigatoriedade da presença de um intérprete ou tradutor de libras nos órgãos e entidades da administração pública direta e indireta no âmbito municipal; o que dispõe sobre política pública para garantia, proteção e ampliação dos direitos das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares; e o que determina que escolas públicas de Manaus orientem os estudantes sobre abuso sexual infantil.

Além da posse da vereadora como presidente municipal, também serão empossados David Fernandes Santos, no cargo de secretário-geral, e Andrey Peres de Jesus, para tesoureiro-geral. Ambos já fazem parte da Comissão Estado do Progressistas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *