quarta-feira, junho 12, 2024
Política Nacional

Com recorde de casos no mundo, painel da dengue do Ministério da Saúde aparece zerado

O Painel de Monitoramento das Arboviroses, mantido pelo Ministério da Saúde, ficou zerado por aproximadamente 15 horas. Ao longo desse período, não foi possível visualizar os números atualizados de casos, mortes nem informações por Estado referentes à dengue no ano de 2024.

Os dados de 2023, no entanto, não foram impactados. Em nota enviada ao portal Poder360 na quarta-feira 4, a pasta, comandada pela socióloga Nísia Trindade, afirmou que a ausência de estatísticas pode ter sido causada por uma “atualização interna da plataforma para o acréscimo de melhorias” e que já estava apurando o caso.

A instabilidade do painel de monitoramento ocorreu dias depois de a Organização Mundial da Saúde (OMS) informar que, neste ano, cerca de 82% dos casos de dengue registrados no mundo estão no Brasil.

De acordo com o levantamento da OMS, até o dia 30 de abril, foram identificados 7,67 milhões de casos suspeitos da doença e 3,57 milhões de casos confirmados. Desses, 6,3 milhões de suspeitas e 3,04 milhões de confirmações ocorreram no Brasil.

A OMS destaca que 77,3% das 3.680 mortes globais por dengue e 82,3% dos 16.242 casos graves ocorreram no Brasil. A entidade alerta para o fato de que muitos países precisam de mecanismos de diagnóstico e registro, subestimando o impacto real da doença no mundo.

Ministério da Saúde restabelece painel da dengue

A visualização dos dados compilados no Painel de Monitoramento das Arboviroses foi restabelecida por volta das 10h desta quarta-feira, 5. Até o momento, o Ministério da Saúde não prestou esclarecimentos sobre o que causou o incidente.

Os números referentes à dengue em 2024 também foram atualizados. No total, foram contabilizados 5,6 milhões de casos prováveis, 3.497 mortes e 2.856 óbitos em investigação.

Fonte: Revista Oeste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *