quarta-feira, junho 12, 2024
Política Nacional

Leite diz que suspensão de dívida por 3 anos ‘não será suficiente’ e cobra Lula

Durante o anúncio do presidente Lula (PT) sobre a suspensão do pagamento da dívida do Rio Grande do Sul com a União, o governador do estado, Eduardo Leite (PSDB-RS), cobrou o governo federal dizendo que a medida não será “suficiente”.

O governo federal propõe suspender o pagamento da dívida do Rio Grande do Sul por 36 meses, equivalente a R$ 11 bilhões, e não cobrar os juros durante esse período, totalizando R$ 12 bilhões adicionais. Essas medidas, somando R$ 23 bilhões, serão destinadas à reconstrução do estado. O projeto de lei complementar será enviado ao Congresso para análise.

“É claro que nós vamos querer discutir mais e tratar de outros tantos pontos. Infelizmente não posso dizer que será suficiente essa medida. E o presidente e o ministro têm consciência disso. Vamos precisar de outros tantos apoios em outras tantas frentes e inclusive permanecer discutindo o tema da dívida em relação ao seu futuro”, disse Leite, após a exposição da medida por Lula e o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

O presidente respondeu dizendo para o governador “reivindicar aquilo que vocês entendem que pode ajudar o Rio Grande do Sul”

“É uma catástrofe, a gente não estava preparado para algo dessa magnitude. O estrago não só das pessoas que se perderam, que estão desaparecidas, dos animais, é algo que tem impactado muito a sociedade brasileira”, disse Lula.

Fonte: O Poder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *