domingo, junho 23, 2024
Política Nacional

Oposição pedirá impeachment de Lula após ataque a Israel

Parlamentares da oposição assinaram nesse domingo (18) um pedido de impeachment contra o presidente Lula (PT) por conta da fala que comparou a guerra em Gaza com o holocausto de judeus pelo regime nazista.

Proposto pela deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), o pedido é baseado no artigo 5º da Lei 1.079/50 que diz ser razão para perda de mandato “cometer ato de hostilidade contra nação estrangeira, expondo a República ao perigo da guerra, ou comprometendo-lhe a neutralidade”.

Mais de 40 parlamentares já assinaram o pedido, entre eles Julia Zanata (PL-SC), Nikolas Ferreira (PL-MG), Gustavo Gayer (PL-GO), Mario Frias (PL-SP), Bia Kicis (PL-DF), Carol De Toni (PL-SC), André Fernandes (PL-CE), Marcel Van Hattem (Novo-RS), e outros.

Ao criticar a resposta militar dada pelas forças israelenses após um ataque terrorista do grupo Hamas, o chefe do Executivo nacional comparou Israel com o crime de genocídio praticado por Adolf Hitler contra os judeus no século passado.

“Sabe, o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus”, declarou o petista.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, não poupou críticas ao líder brasileiro e disse que suas palavras são “vergonhosas e graves” e a comparação “cruza uma linha vermelha”.

“As palavras do presidente do Brasil são vergonhosas e graves. Trata-se de banalizar o Holocausto e de tentar prejudicar o povo judeu e o direito de Israel se defender. Comparar Israel ao Holocausto nazista e a Hitler é cruzar uma linha vermelha. Israel luta pela sua defesa e pela garantia do seu futuro até à vitória completa e fá-lo ao mesmo tempo que defende o direito internacional”, escreveu Netanyahu.

Por outro lado, o grupo terrorista Hamas agradeceu o petista pelo apoio e disse que ele refletiu o que o povo palestino sente em relação aos ataques israelenses.

“Nós do Movimento Resistência Islâmica (Hamas) agradecemos a declaração feita pelo presidente brasileiro Lula da Silva, que descreveu o que nosso povo palestino enfrenta na Faixa de Gaza como um Holocausto e que as ações dos sionistas hoje em Gaza são as mesmas que Hitler fez com os judeus durante a Segunda Guerra Mundial”, diz a nota do grupo palestino.

Fonte: Pleno News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *