quarta-feira, junho 12, 2024
Política Nacional

Plínio Valério reúne assinaturas suficientes para abrir a CPI das ONGs na Amazônia

O senador Plínio Valério (PSDB-AM) já reuniu assinaturas suficientes para abrir a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das ONGs na Amazônia. Ao justificar o pedido da CPI, o parlamentar destacou uma série de denúncias sobre o local, ao longo dos anos. Para Plínio, “motivos mais do que justos comprovam a absoluta necessidade de uma investigação sobre as ONGs que operam na região”.

Durante um pronunciamento no plenário da Casa, Valério lembrou que o primeiro pedido para a abertura da CPI ficou “dormindo” por três anos. “Eu espero agora, presidente Pacheco, que ela ocorra”, disse, na terça-feira 28. “Poderíamos até dispensar a comissão temporária externa, há pouco criada para investigar a situação dos ianomâmis. Uma CPI tem muito mais força para investigar a real situação desses indígenas.”

Valério ainda mencionou o relatório da Unicef, segundo o qual “a Amazônia é o pior local do planeta para uma criança viver”. “Dezenove milhões de lares na Amazônia não têm condições de comprar uma cesta básica porque não têm renda”, constatou o congressista. “Mais de mil crianças morrem todos os anos no meu Estado, o Amazonas, antes de completar 1 ano de idade.”

Plínio Valério apresentou o primeiro requerimento para a instalação da CPI das ONGs em 2019.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *