sábado, junho 22, 2024
Política Nacional

Trio Demolidor que será usado no ato patriótico na Paulista tem 24 metros de comprimento

Para fazer jus à grandiosidade do ato patriótico convocado pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) para este domingo (25), na Avenida Paulista, em São Paulo, a organização do evento contratou o “Trio Demolidor”, um dos maiores trios elétricos do Brasil. O veículo tem nada mais nada menos do que 24 metros de comprimento e capacidade de propagar seu som por até um quilômetro

O trio é popular entre artistas e políticos e já chegou a receber inclusive as celebrações do 7 de Setembro de 2022 na capital paulista. Em sua parte interna, o veículo possui dois camarins decorados em feng shui, sofás de couro vermelho, frigobar, microondas, televisão de tela plana, home theater e iluminação para cromoterapia.

De acordo com o site Metrópoles, a expectativa é de que o trio receba, no máximo, 70 pessoas, já contando com Bolsonaro e com o pastor Silas Malafaia, que organiza o ato. Para o evento deste domingo, o veículo será posicionado próximo à esquina da Avenida Paulista com a Rua Peixoto Gomide, perto do ponto central da célebre avenida, que tem 2,7 quilômetros de extensão.

Já um outro trio elétrico, o Katrina, será instalado ao lado do Demolidor e deve contar com cerca de 100 pessoas. Entre os dois, haverá um espaço destinado a assessores e jornalistas.

Além de ter feito parte do 7 de Setembro em 2022, o Demolidor já esteve presente em eventos como a Marcha para Jesus e até em celebrações marcantes, como nas comemorações do pentacampeonato da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, em 2002, e do título do Corinthians no Mundial de Clubes, em 2012.

A versão mais recente do trio, feita em alumínio, foi criada em 2009 para a cantora Ivete Sangalo pular o carnaval da Barra à Ondina, em Salvador. O veículo foi repaginado por R$ 2,5 milhões e o aluguel atualmente é de cerca de R$ 100 mil.

No entanto, o pastor Silas Malafaia, que vai arcar com os custos do veículo para o ato de Bolsonaro, informou que pagaria entre R$ 40 mil e R$ 50 mil pelo trio. O líder religioso, inclusive, fez questão de ressaltar ao colunista Igor Gadelha, também do site Metrópoles, que as despesas seriam bancadas com recursos próprios.

Cobertura completa

A cobertura completa do ato patriótico pró-Bolsonaro você poderá acompanhar pelo Instagram do BLOG DO BOTELHO e, também, no canal do BLOG DO BOTELHO no Whatsapp. (clique aqui)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *