sábado, junho 22, 2024
Sem mimimi

A eleição do recomeço

Políticos de destaque em nível estadual e nacional nos últimos, tentarão nas eleições municipais de 2024 um recomeço na vida pública.

Seja por derrotas nas urnas ou decisões de se afastar do processo eleitoral, esse grupo postula uma das 41 cadeiras da Câmara Municipal de Manaus.

E o parlamento, como se sabe, é a base da pirâmide na “carreira política”.

Nomes

Entre os nomes que compõem esse grupo estão os ex-deputados estaduais Chico Preto (PL), Luiz Castro (PDT), Dermilson Chagas (PSB) e Therezinha Ruiz (União Brasil); e os deputados federais José Ricardo (PT) e Delegado Pablo (PL).

Campeões de votos

Dessa lista, um fato curioso é que os parlamentares federais foram campeões de votos nas eleições de 2018 – o petista teve 197.270 votos e o bolsonarista 151.649 -, mas não obtiveram êxito no pleito de 2022.

Qualificação

Independentemente de posicionamento político e preferência ideológica, todos os citados são capacitados e se forem eleitos qualificarão a CMM, que tem vivido uma carência de bons nomes nas últimas legislaturas.

Boas chances

Dos seis nomes, Chico Preto e Luiz Castro e José Ricardo despontam com as maiores chances de êxito nas urnas.

Cenário

Chico é experiente e sempre conseguiu se eleger para vereador. Castro é o principal nome pedetista e Zé é o mais destacado entre os petistas, mais bem quisto, inclusive, de Sassá da Construção Civil, que atualmente é vereador.

Chapas…

Dermilson e Therezinha, por mais que tenham recall eleitoral, estão em partidos com chapas fortes. O PSB, por exemplo, tem três vereadores com mandato: Marcelo Serafim, Glória Carrate e Bessa.

… fortes

E o União Brasil tem quatro parlamentares: Caio André – que é presidente da CMM -, Diego Affonso, Éverton Assis e Professora Jacqueline.

Desidratado

Já Delegado Pablo é refém do passado, quando ficou em cima do muro à época em que o ex-presidente Jair Bolsonaro “tretou” com Luciano Bivar e saiu do antigo PSL.

No jogo

Falando em Chico Preto, ele disparou vídeo nos grupos do WhatsApp confirmando sua pré-candidatura. Até então, havia somente um burburinho. Na peça publicitária, Chico afirma que “não sou novo, nem velho. Sou preparado”.

Explicação

Ainda sobre o PL, o presidente da legenda no Amazonas, Alfredo Nascimento, afirmou que Jair Bolsonaro explicará no evento desta sexta-feira (3), o motivo de ter escolhido Capitão Alberto Neto como pré-candidato a prefeito do partido.

Circulando

Também pré-candidato a prefeito, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Roberto Cidade (União Brasil), aproveitou o feriado do Dia do Trabalho para circular pela capital amazonense e se aproximar do eleitorado.

Mototaxistas

O deputado se reuniu com mototaxistas e motoristas de aplicativo para ouvir a demanda da classe. O encontro foi organizado pelo ex-diretor-presidente do Detran, Rodrigo de Sá, que também é presidente estadual do PP.

Crime eleitoral

O presidente Lula (PT) cometeu crime eleitoral explícito nesta quarta-feira, 1º de maio, ao pedir votos para o deputado federal e pré-candidato à prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL). O fato ocorreu na capital paulista, em evento do Dia do Trabalho, convocado pelas centrais sindicais.

Esvaziado

O evento foi esvaziado e Lula culpou a “falta de convocação” pela ausência do público.

“Não fizemos o esforço necessário para levar a quantidade de gente que era preciso levar. De qualquer forma, eu estou acostumando a falar com mil, com um milhão, mas se for necessário falo com a senhora maravilhosa que está ali na minha frente”, disse o petista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *