quinta-feira, julho 25, 2024
Sem mimimi

A jogada de mestre de Wilson Lima

Principal liderança política do Estado, o governador Wilson Lima (União Brasil) não ocupa esse posto à toa. Eleito em 2018 na sua primeira experiência eleitoral, ele teve que aprender a arte da política na marra, em meio as dificuldades do dia a dia e sem muito tempo para errar.

E a cada dia que passa dá provas de que assimilou bem como fazer o jogo político e obter êxito.

Um exemplo disso foi a articulação para trazer para Manaus a realização do CPAC Brasil – o congresso conservador – em 2025.
Uma verdadeira jogada de mestre!

Aproximação

A escolha de Manaus além de colocar a capital amazonense no radar das principais lideranças da direita nacional e da América Latina, aproxima o governador desse espectro político que detém a simpatia – e voto – da maioria dos manauaras.

Estratégia

O alinhamento de Wilson Lima com a direita bolsonarista não é novo. Mas é fato que a manutenção dessa proximidade com o ex-presidente é uma baita estratégia para garantir votos na capital em 2026, quando o mandatário do Estado deverá ser candidato ao Senado.

Força

Isso porque Wilson deverá fazer uma forte base de prefeitos aliados no interior no pleito deste ano, o que lhe garantirá palanque e força eleitoral daqui a dois anos.

União

Desta forma, o governador garante apoio tanto no interior quanto na capital, pavimentando uma candidatura mais tranquila, sobretudo porque em 2026 o eleitor votará em dois senadores.

Articulação

Paralelo a essa questão eleitoral, a escolha de Manaus como sede do CPAC Brasil 2025, demonstrou poder de articulação do governador junto à cúpula da direita e deixou mais do que claro que a relação de Wilson com os bolsonaros é de respeito e admiração mútuos.

Orelha em pé

O fato, inclusive, deixou algumas pessoas de dentro do PL Amazonas de orelha em pé. Isso porque com a possível manutenção da pré-candidatura do deputado federal Capitão Alberto Neto (PL) à Prefeitura de Manaus – mesmo contra a vontade do governador – cogitou-se nos bastidores que Wilson havia se distanciado dos mandachuvas do PL e da família Bolsonaro.
E obviamente isso não é uma realidade.

No azul

Falando em Wilson Lima, o Estado do Amazonas, do qual ele é o comandante, é o terceiro da federação que apresenta a menor dívida com a União, correspondendo a 0,04% do total dos valores devidos (R$ 330,07 milhões), segundo dados do Ministério da Fazenda.

Recorde

Na última sexta-feira (5), o Pix bateu novo recorde ao superar a marca de 220 milhões de transações em 24 horas. O recorde diário anterior tinha sido registrado em 7 de junho, com 206,8 milhões de transações.

Viagens

Os gastos com viagens de servidores, funcionários comissionados, terceirizados e “convidados eventuais” do governo Lula (PT) atingiram R$697 milhões até junho, aponta o Portal da Transparência.
A informação é do site Diário do Poder.

Diárias

A maior parte dessa fortuna (R$427 milhões) representa apenas as diárias pagas aos funcionários. As passagens emitidas pelo governo até o momento em 2024 custaram aos pagadores de impostos outros R$266,5 milhões.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *