domingo, junho 16, 2024
Política LocalSem mimimi

David Almeida acredita que pode furar a polarização ideológica

Os movimentos mais recentes do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), provam que ele tem convicção que pode ir contra a polarização ideológica vivenciada no País e “jogar” com os dois lados.
Enquanto aguarda uma reunião com o presidente nacional do Partido Liberal, Valdemar da Costa Neto, para ter a sigla do ex-presidente Jair Bolsonaro em seu arco de aliança, o mandatário do município deve confirmar a indicação do empresário Orsine Jr – homem de confiança do senador lulista Omar Aziz (PSD) – como diretor-presidente da Manauscult, pasta que cuida da cultura e dos eventos na capital amazonense.

Tudo junto
Notadamente um político sem espectro ideológico definido, David tem tentando “furar a bolha” da polarização e se aproximar tanto da direita quanto da esquerda, adotando o discurso de que se alia a quem ajuda Manaus, independentemente de bandeira partidária.

Insatisfação
No entanto, a verdade é que ele acaba criando insatisfação de ambos os lados.

Não dá
Integrantes do PL têm deixado claro ao presidente estadual da legenda, Alfredo Nascimento, que David acena à esquerda ao se aliar com políticos amigos de Lula (PT) e por isso não tem clima para uma aproximação com a direita.

Não pode
Por outro lado, segundo fontes da Coluna SEM MIMIMI, os interlocutores do presidente da República no Amazonas – os senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz – já deram um ultimato no prefeito. O recado foi: “se houver aliança com o PL, esqueça auxílio financeiro do Governo Federal”.

Em movimento
Enquanto David investe na estratégia de “acender vela para todos os santos”, outros players têm se mexido, como os deputados federais Capitão Alberto Neto (PL) e Amom Mandel (Cidadania), e o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (União Brasil).

Na espera
Alberto Neto, inclusive, tem se mostrado paciente e segue aguardando o aval de Costa Neto para sua chapa puro sangue com Coronel Menezes.

Maturidade e pragmatismo
O parlamentar tem mostrado maturidade e evitou entrar no embate com o chefão do partido no intuito de força-lo. De maneira pragmática – que é uma das principais características dos conservadores – articula com Jair Bolsonaro e demais expoentes da direita o apoio maciço ao seu projeto enquanto aguarda pacientemente.

Vice
Amom Mandel, que já lançou oficialmente sua pré-candidatura, se movimenta em busca de um vice. Em entrevista ao jornalista Ronaldo Tiradentes, disse que quer alguém sem mandato e de preferência uma mulher.

Seffair?
Logo após essa afirmação, vários sites e perfis de internet passaram a especular que a empresária Maria do Carmo Seffair, presidente do Partido Novo no Amazonas, poderia ser esse nome.

Eu, não!
Prontamente ela emitiu nota oficial informando que não será vice de ninguém e que entrou na política para criar um legado.
“Estou entrando na vida política porque sei que posso contribuir para muitas mudanças que Manaus precisa e merece. Esse é um caminho que quero trilhar sem estar à sombra de alguém”, disse.

Megaevento
Já Cidade, prepara um megaevento para o próximo dia 6 de março, onde lançará sua pré-candidatura à Prefeitura e assumiráo comando do União Brasil em Manaus.

Apoio
O evento servirá para confirmar o apoio do governador Wilson Lima (União Brasil) ao projeto de Cidade e, também, para o presidente da Aleam demonstrar sua força política, já que, são aguardados pelo menos 21 vereadores de Manaus e 17 deputados estaduais.

Voltou atrás
Após a insatisfação generalizada com a licitação que poderia transferir os atendimentos da Manausmed para a Hapvida, as lideranças de David Almeida informaram nessa segunda-feira (26), que o prefeito desistiu da licitação pois ouviu a vontade dos servidores municipais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *