domingo, junho 23, 2024
Sem mimimi

Manaus rejeita a esquerda

Pesquisa divulgada pelo Instituto Direto ao Ponto nessa quarta-feira (8), apontou aquilo que na prática já é de conhecimento da maioria: Manaus é uma cidade majoritariamente de direita e por consequência antiesquerdista”.

A prova disso foi o estudo sobre a rejeição dos candidatos a prefeito da capital amazonense.

O “neopetista” Marcelo Ramos aparece com nada mais nada menos do que 50% de rejeição.

Ele, não!

Isso quer dizer que metade dos eleitores não votam de maneira nenhuma no candidato do presidente Lula (PT).

Mal na foto

Quem também aparece mal na foto com o eleitorado é o atual prefeito David Almeida (Avante), que por mais que tente esconder, hoje é um aliado do Governo Federal e dos principais nomes do lulismo no estado: os senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD).

Perigoso

O mandatário do município figura com 43,9% de rejeição, entrando, desta forma, numa zona perigosa para quem almeja obter êxito nas urnas.

Matemática

Se confirmado esse cenário, a conta é simples: David terá que lutar pelos 56,1% restante com todos os demais postulantes, o que é uma tarefa extremamente desafiadora.

Em queda

Somado a isso, as intenções de votos do prefeito também estão em queda. Em novembro ele tinha 29,3% da preferência dos eleitores; em abril somou 29,1% e agora figura com 24,5%.

Combo do caos

Ou seja, David está vivendo o “combo do caos” perdendo eleitores e ganhando opositores.

Fato curioso

Fato curioso nesse cenário é que por mais que a maioria dos manauaras rejeitem a esquerda, David Almeida e o deputado federal Amom Mandel (Cidadania) seguem liderando as pesquisas. E ambos, atualmente, são muito mais ligados ao progressismo do que à direita.

Candidato

Falando em esquerda, um comunista famoso do Amazonas decidiu voltar à cena política. Aos 81 anos, Félix Valois será candidato a vereador pelo PT.

Passado

Valois foi deputado estadual de 1983 a 1987 e vice-prefeito de Manaus entre 1989 a 1992, na gestão de Arthur Virgílio Neto.

Grana

O governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), anunciou que o Governo repassou R$ 20 milhões para a Prefeitura de Manaus referente à segunda de seis parcelas anuais do convênio que subsidia o Passe Livre Estudantil. Do total de R$ 120 milhões, o governo repassou R$ 40 milhões de janeiro a maio de 2024.

Repasses

Desde 2022, o repasse estadual foi de R$ 278,2 milhões. Foram R$ 118,2 milhões em 2022, com contrapartida municipal de R$ 36 milhões. Em 2023, foram R$ 120 milhões do estado e contrapartida de R$ 36 milhões do município. Até dezembro de 2024, serão R$ 358,2 milhões.

Educação financeira

O deputado estadual Dr. George Lins (União Brasil) celebrou, nessa quarta-feira (8) a implementação do “Projeto Vida”, uma iniciativa do Governo do Amazonas, que introduz a educação financeira nas escolas estaduais do Ensino Médio. O projeto teve início na última quinta-feira (2).

Barrado

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) fechou maioria e reconheceu o impedimento do ministro Cristiano Zanin para julgar uma ação envolvendo o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). O caso trata da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que deixou o líder da direita inelegível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *