quinta-feira, junho 20, 2024
Política LocalSem mimimi

O curioso caso de Tadeu de Souza

O vice-governador do Amazonas, Tadeu de Souza (Avante), viverá um curioso caso nas eleições municipais deste ano.
Indicado pelo prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), para o cargo que atualmente ocupa, Souza irá coordenar a campanha de seu amigo de infância do Morro da Liberdade.
No entanto, o seu “chefe imediato”, o governador do Estado, Wilson Lima (União Brasil), terá o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Roberto Cidade (União Brasil), como postulante a prefeito da capital.

Dois senhores
Ou seja, Tadeu de Souza terá que servir a dois senhores. Obrigatoriamente cumprirá seu ofício de vice-governador ajudando na qualidade da gestão que apoia Cidade e, também, estará capitaneando as estratégias de reeleição do atual mandatário do município.

Como faz?
A pergunta é: como Tadeu fará para equacionar esses “dois interesses”. Ou melhor, será que ao menos tentará ou se jogará de cabeça somente no projeto eleitoral de David?

Exclusão
Uma coisa é fato, inevitavelmente o vice-governador será excluído das decisões políticas do grupo do governo durante esse período eleitoral, afinal, ninguém é bobo de entregar as estratégias para o adversário.

Separação
Falando em David, pela primeira vez ele verbalizou sua separação política de Wilson Lima. Em entrevista a jornalistas nessa quinta-feira (18), o prefeito disse que o governador não lhe deve nada e que vão se enfrentar.

Fato
O fato é que a separação já era uma realidade desde o ano passado, quando o prefeito decidiu se alinhar com os senadores Eduardo Braga (MDB) e Omar Aziz (PSD).

Ramos chateado
O ex-deputado federal e pré-candidato a refeito de Manaus, Marcelo Ramos (PT), está chateado porque segundo ele, políticos do Amazonas, como o governador Wilson Lima (União Brasil) e o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), não citam o nome do presidente Lula (PT) nas ações que contam com recurso do Governo Federal, como o Programa Minha Casa, Minha Vida e o Programa Pé de Meia.

Citação
Ramos acusou ainda o atual secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Metropolitano (Sedurb), Fausto Santos Jr de “esconder” Lula.

Política de intriga
Fausto gravou um vídeo para responder o pré-candidato do PT e criticou o que chamou de “política de intriga” feita por Marcelo.

No milho
O secretário disse, também, que Marcelo quando era deputado federal destinou muitos recursos ao Amazonas e que não se lembra dele ter citado o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).
“Então se você nos critica por isso, que você também o faça ajoelhado no milho.”, finalizou.

Pré-candidatura
A educadora Maria do Carmo Seffair lança, neste sábado (20), sua pré-candidatura à prefeitura de Manaus pelo partido Novo.
O evento será realizado no auditório da Fametro e contará com a presença do ex-deputado federal e ex-procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, que deve palestrar antes do evento principal.

Evento
Além de Deltan, estarão presentes o presidente do Instituto Libertas e ex-deputado federal, Tiago Mitraud; e do prefeito de Ascurra (SC), Arão Josino.

OAB contra advogados
O deputado federal Marcel van Hattem compartilhou no X (antigo Twitter) um documento do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) que acusa a Ordem dos Advogados Conservadores do Brasil (OACB) de uma “suposta atuação ilícita” ao Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com o CFOAB, os advogados conservadores causaram “tumulto contra a democracia brasileira”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *