quarta-feira, junho 12, 2024
Política NacionalSem mimimi

O fator Bolsonaro na eleição em Manaus

A popularidade de Jair Bolsonaro (PL) evidenciada no ato patriótico do último domingo (25), na Avenida Paulista, em São Paulo, reafirmou a importância do ex-presidente da República nas eleições municipais de outubro.
E em Manaus, assim como em diversas outras cidades do País, a figura do principal líder da direita brasileira tende a ser decisiva na escolha do próximo prefeito.
Pelo menos é isso que comprova a pesquisa da Pontual divulgada nesta sexta-feira (1º).

Tendência
De acordo com o estudo, 45,2% dos eleitores da capital amazonense tendem a votar no candidato apoiado por Jair Bolsonaro.

Competitivo
Ou seja, aquele a quem Jair Bolsonaro apontar o dedo e “abençoar” certamente será competitivo e terá chances de ir para o segundo turno.

Cidade bolsonarista
Em 2022, quando disputou a presidência com Lula (PT), Bolsonaro teve mais de 62% dos votos em Manaus no segundo turno, confirmando a tese de que Manaus é uma cidade de direita e bolsonarista.

Confiança
É baseado nesses números que o deputado federal Capitão Alberto Neto (PL) e Coronel Menezes (PL) confiam no êxito da chapa puro sangue do Partido Liberal.

Amizade e apoio
Eles, vale lembrar, são os principais interlocutores de Bolsonaro no estado desde 2018 e já contam com o apoio do ex-presidente para a disputa da Prefeitura de Manaus.

Stand-by
No entanto, como o BLOG DO BOTELHO divulgou nessa quinta-feira (29), a confirmação da aliança Alberto-Menezes precisa do aval do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, que deu até o dia 6 de março para David Almeida trocar o Avante pelo Partido Liberal.
Se a troca não acontecer até a data, a chapa puro sangue se concretiza.

Ultrapassado
Falando em David, a pesquisa da Pontual – que foi a primeira divulgada em 2024 – mostra que o mandatário do município foi ultrapassado pelo deputado federal Amom Mandel (Cidadania) na preferência do eleitorado.

Números
Amom aparece com 32,4% das intenções de votos e o atual prefeito com 28,1%. Na terceira posição, empatados tecnicamente, vêm Alberto Neto (PL) com 8,7%, Roberto Cidade (União Brasil) com 7,1%, Zé Ricardo com 6,9%.

Outros nomes
A empresária Maria do Carmo Seffair (Novo) figura com 1,3% e Israel Tuyuka (PDT) na última posição com 0,6%.
Brancos e nulos somam 8,4% e os indecisos são 6,5%.

Amazonas presente
Políticos do Amazonas, entre eles o governador Wilson Lima e o presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), Roberto Cidade, participaram nessa quinta-feira (29), da convenção nacional do União Brasil.

Novo presidente
No evento, Antônio Rueda foi eleito presidente nacional da sigla e o ex-prefeito de Salvador (BA), ACM Neto, assumiu como vice.

Imbróglio
A eleição aconteceu após um embate pela sucessão com o até então dirigente do partido, Luciano Bivar. Pela manhã, Bivar tentou cancelar a votação com o argumento de que “a convenção estava coberta de vícios” – o que, segundo ele, poderia gerar risco de judicialização.

Integrantes do União Brasil, no entanto, conseguiram derrubar a decisão e a votação aconteceu pela tarde na sede do partido, em Brasília.
A chapa de Rueda venceu por 30 votos a zero.

Convenção
Por falar em convenção, a que colocará Roberto Cidade como presidente municipal do União Brasil em Manaus mudou de data. Inicialmente seria na próxima quarta-feira, dia 6 de março, mas alterada para o próximo sábado, dia 9.
O local e hora ainda não foram definidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *