quinta-feira, junho 20, 2024
Sem mimimi

Postura de Sassá revela estratégia do PT nas eleições municipais

Postura de Sassá revela estratégia do PT nas eleições municipais
O vereador Sassá da Construção Civil, único parlamentar do PT na Câmara Municipal de Manaus (CMM), revelou com sua postura extravagante e vocabulário chulo, a real estratégia do Partidos dos Trabalhadores nas eleições municipais deste ano.
Por mais que o discurso oficial seja de fortalecer o campo progressista e atender a um pedido do presidente Lula, a pré-candidatura de Marcelo Ramos – recém-filiado à sigla – nada mais é do que para ajudar na reeleição de David Almeida (Avante).
Prova disso foi o show de “sincericídio” e puxa-saquismo de Sassá ao mandatário do município em evento nessa quarta-feira (15).

Apoio

Sem vergonha de se expor, o parlamentar afirmou categoricamente que apoia a reeleição do atual prefeito, mesmo seu partido tendo um candidato oficial.

Certeza

E pode ter certeza que esse comportamento infiel sequer será desabonado pelas lideranças petistas locais.

Ataques

Além da “rasgação de seda”, Sassá aproveitou a alcunha de falastrão para fazer ataques aos adversários políticos do prefeito de Manaus. Igualzinho Ramos tem feito.

Entrelinhas

Nas entrelinhas, lembrou que um vereador fez críticas ao Mirante Lúcia Almeida – se referindo a Lissandro Breval (PP) -, que tem um “capitãozinho” da Polícia que não critica a segurança pública – em referência a Capitão Carpê (PL) – e, também fez referências ao “pré-candidato das redes sociais” – Amom Mandel (Cidadania), e ao que “não envia dinheiro à Manaus” – em alusão a Capitão Alberto Neto (PL).

Mal-educado

No entanto, deixou o ataque frontal para o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (União Brasil), a quem acusou de não fazer “porra nenhuma”.

Ajuda

Essa atitude não é somente uma postura aloprada do petista, é a revelação do papel do PT e de Ramos neste pleito: ajudar David Almeida.

Ligando os fatos

Basta observar que Marcelo Ramos até pouco tempo era filiado ao PSD de Omar Aziz e fez campanha para Eduardo Braga (MDB) no pleito passado. E os dois senadores são atualmente aliados de primeira ordem de David.

Estratégia

A estratégia é muito clara e está dando certo. Marcelo Ramos tira de David a pecha de esquerdista em uma cidade de maioria bolsonarista; ajuda a arrancar votos de Amom – que tem adeptos na esquerda -, e atrai para si a rejeição que antes era direcionada a David.

Prova dos 9

A prova dos 9 é a pesquisa divulgada pelo IPEN nessa quarta-feira (15). Nela, David cresce em intenções de votos, recua em rejeição e Amom pela primeira vez cai. Motivo? A presença de Ramos.

Revogado

Falando em David, a Aleam revogou nessa quarta-feira (15) benefícios adquiridos por Almeida como ex-governador do estado. A antiga redação da lei que foi revogada previa o direito a três seguranças e um assessor especial à sua disposição,
A proposta é de autoria do deputado estadual Felipe Souza (PRD), líder do governador Wilson Lima (União Brasil).

Solidariedade

A solidariedade do povo amazonense foi mais uma vez comprovada com a campanha feita pela Aleam que, em apenas uma semana, arrecadou 15 toneladas de suprimentos, entre água, alimentos, roupas, calçados e ração animal para serem doados ao Rio Grande do Sul.

FAB

Todo o quantitativo foi entregue nessa quarta-feira (15) pelo presidente do Legislativo Estadual, Roberto Cidade, ao coordenador de atividades operacionais do 7º Comando Aéreo Regional – VII Comar – tenente-coronel Adriano Lopes Lacerda. As doações serão enviadas em avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

Defesa pessoal

O Projeto de Lei (PL) 410/2023 que estabelece o ensino de defesa pessoal ou modalidade de luta corporal as alunas dos ensinos fundamental e médio da rede estadual de ensino do Amazonas agora se tornará Lei. De autoria da deputada estadual Débora Menezes (PL), a matéria foi aprovada e vai garantir o curso de autodefesa para meninas no ambiente escolar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *