sábado, junho 22, 2024
Política LocalSem mimimi

Prefeitura sofre reveses na primeira sessão da CMM em 2024

Na primeira sessão plenária da Câmara Municipal de Manaus (CMM) em 2024 nessa quarta-feira (7), o prefeito David Almeida (Avante) sofreu reveses que comprovam que ele perdeu o apoio da maioria dos parlamentares e terá dificuldades na casa legislativa neste ano eleitoral.
Os vereadores aprovaram a convocação do secretário de Administração (Semad), Ebenezer Bezerra, para explicar a possível privatização da Manausmed e, também, um requerimento solicitando que a Secretaria de Infraestrutura (Seminf) apresente um cronograma de reforma dos terminais de ônibus da capital amazonense.
Os pedidos foram feitos por Marcelo Serafim (PSB) e Capitão Carpê (Republicanos), respectivamente.

Votação apertada
Na apreciação da convocação, os vereadores da base e oposição entraram em consenso para a aprovação. Já no requerimento, houve orientação da liderança do prefeito para a derrubada, no entanto, após votação no painel o resultado foi 20 a 19.

Cenário diferente
Num passado não muito distante, dificilmente o cenário seria este, já que, o prefeito chegou a contar com 39 dos 41 vereadores em sua base de apoio.

Mudanças
No entanto, o tempo passou, promessas não foram cumpridas, o jeito autoritário de David começou a incomodar e a configuração se modificou, sobretudo após a vitória de Caio André (Podemos) para presidência da CMM.

Prova dos 9
Uma prova disso é que Marcelo Serafim, que chegou a ser líder do prefeito na Casa, agora além de ser da ala dos independentes (muitas vezes oposicionista) já afirmou que não estará no palanque de reeleição de David.

Mimo
Falando em David, o prefeito autorizou que a Prefeitura fizesse um “mimo” à sua noiva, a estudante de medicina Izabelle Fontenele. Conforme o BLOG DO BOTELHO noticiou em primeira mão, foi realizada uma pintura do cachorro da futura primeira-dama na área pet de uma praça no bairro Dom Pedro.

Tony
Entre os já tradicionais mosaicos coloridos que marcam a atual gestão, há o desenho – mal feito, diga-se de passagem – de Tony, pet de Izabelle.
Impessoalidade
A homenagem fere o Princípio da Impessoalidade na Administração Pública, previsto no artigo 37 da Constituição Federal que destaca a necessidade de que a atuação administrativa seja impessoal e genérica, com vistas a satisfazer o interesse coletivo.

Passos de tartaruga
Com a promessa de asfaltar 10 mil até o final deste ano, o programa Asfalta Manaus segue avançando a passos de tartaruga. No ano passado, por exemplo, a Prefeitura pavimentou apenas 664 ruas, menos de duas por dia.

Comparativo
Levando em consideração do avanço de abril de 2022 a janeiro de 2024 (2.794 ruas), para alcançar a promessa de 10 mil ruas asfaltadas, a gestão de David Almeida levaria no mínimo mais quatro anos. Se levarmos em consideração a média de 2023, a Prefeitura levaria quase 10 anos para alcançar a meta.

No comando
O deputado estadual Felipe Souza, líder do governador Wilson Lima (União Brasil) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), assumiu a presidência do Partido Renovação Democrática (PRD) no Amazonas. A informação foi dada pelo próprio parlamentar durante discurso na Aleam nesta quarta-feira (7).

Fusão
A sigla recém-criada é resultado da fusão entre o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o Patriota, que foi concretizada em 26 de outubro de 2022 e a homologação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se deu em 9 de novembro do ano passado.

Na órbita
O PDR é mais um partido que fica na órbita de Wilson. Além desse partido e do União Brasil, do qual o governador é presidente estadual, outros quatro são aliados do chefe do executivo estadual: PP, Republicanos, Podemos e PSB.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *