quarta-feira, junho 12, 2024
Política LocalSem mimimi

Semed sitiada

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), pasta comandada por Dulce Almeida, irmã do prefeito de Manaus, está sendo usada como plataforma eleitoral para vereadores aliados de David Almeida (Avante).
Após receber denúncias, a SEM MIMIMI apurou que a Semed tem indícios de estar sitiada.
As Divisões Distritais Zonais (DDZs) estão divididas para alguns parlamentares da base na Câmara Municipal de Manaus (CMM), entre eles Eduardo Assis e Gilmar Nascimento, ambos do Avante.

Método
O método é simples. Os diretores das escolas são “convidados” a apoiar os vereadores e promover o nome dos políticos na comunidade e junto aos pais.

Postagens
Segundo um dos denunciantes, funcionários das escolas da DDZ Centro-Sul e algumas unidades de ensino dos bairros Cidade de Deus e Cidade Nova são orientados a compartilhar postagens do vereador Eduardo Assis.

Pressão e ameaças
Esse professor, que não quis se identificar, destacou que os profissionais sofrem pressão e ameaças para abraçarem a pré-campanha do parlamentar.

Stalker
No caso da DDZ Centro-Sul, segundo uma educadora, a própria chefe da Divisão stalkeia as redes sociais dos professores e diretores para conferir se as publicações estão sendo engajadas.

Eventos
Além da presença virtual, os vereadores também têm participação constante nos eventos realizados nas escolas e são apresentados como amigos da unidade de ensino.

Sem resposta
A SEM MIMIMI entrou em contato com a assessoria de comunicação da Semed, na última sexta-feira (17), via WhatsApp, e foi orientada a encaminhar e-mail solicitando uma nota oficial. No entanto, até a publicação desta coluna não obteve resposta.

Silêncio
Na última segunda-feira (20), foi solicitada nota do vereador Eduardo Assis, que de igual modo não respondeu.

Repúdio
Já o vereador Gilmar Nascimento afirmou que sempre trabalhou em prol da educação municipal e repudiou qualquer ação que possa coagir os professores.

Engajamento
Essa rotina de compartilhamento de postagens não é uma realidade somente na Secretaria de Educação. Servidores de outras pastas são orientados a repostar as publicações do prefeito David Almeida.

Prova dos 9
Basta o leitor seguir algum servidor comissionado ou em cargo de chefia nas redes sociais para comprovar essa realidade.

Perfis fakes
Falando em redes sociais, o deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Manaus pelo União Brasil, Roberto Cidade, foi alvo de ataques virtuais em sua página no Instagram, no último fim de semana, por meio de robôs com perfis fakes.

Coincidência
Coincidentemente, os ataques ocorrem dias depois do vazamento de uma planilha de custos no valor de R$ 1 milhão do diretório municipal do partido Avante, que previa o pagamento de sistema eletrônico para atacar adversários do prefeito David Almeida, entre eles, os ligados ao governador do Amazonas, Wilson Lima (União Brasil), que apoia a pré-candidatura do presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).

Mais casas
Em reunião em Brasília nessa terça-feira (21), Wilson Lima apresentou ao ministro das Cidades, Jader Filho, um pedido de prioridade para avanço de projetos de habitação do estado já aprovados pelo Governo Federal, que fazem parte do Amazonas Meu Lar.

Programa habitacional
O Amazonas Meu Lar é o maior programa de habitação já realizado pelo governo estadual, que contempla seis projetos, totalizando 720 unidades pelo Minha Casa Minha Vida.

Alimentos
Com mobilização de servidores e público externo, a campanha do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) em prol do Rio Grande do Sul arrecadou 11,8 toneladas em donativos. Todo o material coletado será entregue à Força Aérea Brasileira (FAB) para envio ao estado sulista.

Absolvido
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou as ações que pediam a cassação do mandato do senador Sergio Moro (União Brasil-PR). Em julgamento nessa terça-feira (21), o relator do caso, ministro Floriano de Azevedo Marques, votou pela absolvição de Moro. Não houve divergências dos demais ministros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *